Dicas para lidar com a ansiedade

Anxiety by Arrrkal

Anxiety by Arrrkal

Hoje é dia das Bruxas e eu resolvi falar sobre algo que atrapalha muita gente: a ansiedade. Não estou falando daquele nervosismo pré-prova ou antes de algo importante, mas sim de quem convive com ela diaria e intensamente. Transtornos de ansiedade podem dificultar muito o nosso dia-a-dia e se deixarmos para lá pode se agravar de maneira bastante perigosa. Decidi então reunir algumas dicas para lidar com ataques de ansiedade da melhor maneira possível. Lembrando que são apenas dicas e nada substitui um tratamento adequado, ok?

  • Respire fundo. Sério. Parece furada, mas as técnicas certas de respiração podem te acalmar não só durante uma crise, mas também no seu dia-a-dia e até na hora de dormir. Eu sempre faço o seguinte exercício de respiração antes de dormir: eu inspiro contando até quatro, depois seguro a respiração contando até quatro e depois expiro contando até oito. Existem outros exercícios, claro, como esse aqui proposto pelo psicólogo Artur Scapato. Repare que quando estamos muito ansiosos, uma das primeiras coisas que mudam é a nossa respiração. Nada mais justo do que nos acalmar usando essa técnica! Lembrando que quanto mais você praticar esses exercícios, melhor eles funcionarão no futuro.
  • Faça o possível para se alimentar bem. Por mais que a ansiedade muitas vezes nos faça comer um monte de chocolate (por exemplo) e isso parece que alivia, pense novamente. O açúcar pode interferir com as suas alterações de humor – alivia por um tempo, mas depois a ansiedade volta a atacar. Uma boa dica é aproveitar as composições de algumas plantas e fazer chás. De acordo com o terapeuta holístico Armando Falconi Filho, chás de erva-cidreira, passiflora, alecrim e camomila tem ótimos efeitos na hora de acalmar a ansiedade. Confira aqui algumas receitas de chá. Ah, lembrando que a cafeína é um terror para quem tem ansiedade! Tente evitar ao máximo.
  • Rasgue papel. Esse é um dos métodos que eu mais uso quando estou muito ansiosa, irrequieta ou estressada a ponto de ficar violenta. Eu normalmente deixo no meu quarto uma pilha de papeis velhos pra quando os ataques chegam. Transfiro toda a minha ansiedade enquanto rasgo o papel em vários pedacinhos. Ajuda a mudar de foco e descarrego o meu estresse.
  • Lembre-se que a ansiedade, muitas vezes, é um truque do seu cérebro. Muitas vezes as crises de ansiedade fazem com que aumentemos qualquer situação. Isso não é uma falha de caráter nem de personalidade. Questione os seus pensamentos. “Essa é uma possibilidade real ou é só mais um truque do meu cérebro”? Tente ao máximo fazer essa autoanálise, pode ajudar bastante na hora de entender a sua ansiedade. Quando entendemos algo, fica um pouco mais fácil na hora de controlar.
  • Tente julgar menos as pessoas. Muitas vezes a ansiedade surge porque temos medo que a pessoa x nos julgue de uma maneira ruim, temos medo da opinião dos outros. Mas por que será que isso acontece? Eu percebi que algumas pessoas, ao mesmo tempo que morrem de medo de serem julgadas, adoram tirar conclusões precipitadas sobre os outros. Tente observar a vida e as pessoas com um pouco mais de compaixão e menos julgamento. Isso funcionou bastante para mim. Quando parei de reparar em tudo e em todos, a opinião dos outros fica cada vez mais sem importância.
  • Lembre-se dos seus acertos. Quando estamos numa crise de ansiedade, é normal lembramos de todas as vezes que cometemos algum erro. Essa é a hora para você ler mensagens de autoafirmação ou tentar se recordar de situações que te deixaram orgulhoso. “Sim, eu caí de barriga na frente da escola inteira, mas eu também já apresentei um trabalho para a escola inteira e falei muito bem”, algo assim.
  • Foque no presente. A ansiedade faz com que a gente se sinta capaz de prever o que vai acontecer no futuro – mas sabemos que não é bem assim. Respire fundo e tente entender qual é a sua situação agora e o que você pode fazer nesse instante. Você caiu na frente de todo mundo? Respire fundo, levante-se, preocupe-se em ver se você se machucou ou não e pronto. Saia andando. Se as pessoas estão rindo ou vão se lembrar pro resto da vida do seu tombo, não há muito o que você possa fazer. Foque no presente, foque em se levantar e cuidar de algum eventual machucado. Eu uso o exemplo do tombo várias vezes porque eu sou ph.D em cair na frente de todo mundo, rs.
  • Pergunte-se: o que eu estaria fazendo se eu não estivesse ansioso? Já que a ansiedade trabalha muito a nossa imaginação, vamos imaginar o que estaríamos fazendo se não fosse o ataque de ansiedade. Tente completar essa tarefa! Uma das piores coisas que fazemos durante uma crise é ficar horas a fio pensando sobre como nos sentimos. Podemos ficar ansiosos só de pensar em ficarmos ansiosos. Focar em outra coisa durante uma crise é essencial.
  • Tente ficar acompanhado. Ficar com outra pessoa ao nosso lado durante uma crise pode nos ajudar muito, nem que seja apenas por mensagem de texto. Encontre alguém que esteja disposto a te ouvir (e que saiba como fazer isso). Muitas vezes, quando estamos acompanhados da pessoa certa, conseguimos nos acalmar e lembrar que tudo vai ficar bem.
  • Tenha sempre por perto algum objeto que faça você se sentir mais calmo. Quando estou em casa, deixar uma vela aromática acesa quando estou nervosa me ajuda muito com a minha ansiedade. Fico por um bom tempo só olhando a chama, tentando absorver o aroma dela, respiro fundo, até me acalmar. Claro que o seu objeto pode ser outro, como alguma almofada, um vaso de flores… você que sabe! Algo que te dê a sensação de segurança, de acolhimento, pode até ser o seu livro favorito. Escolha pelo menos dois objetos: um que fique com você em casa e outro que você possa levar na bolsa ou na mochila, para o caso de você ter algum desses ataques enquanto está fora. No meu caso, eu sempre levo um caderno pequeno e pelo menos uma caneta na bolsa. Me reconforta saber que eu posso escrever a qualquer instante, e muitas vezes já escrevi muita coisa no meio de um ataque de ansiedade. Aí vai de cada um!

Espero que as dicas não sejam tão clichê assim e que realmente ajudem vocês. E relembrando: caso os seus ataques de ansiedade sejam muito graves e frequentes, procure um profissional especializado.

Fiquem bem! ❤

Anúncios

Um comentário sobre “Dicas para lidar com a ansiedade

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s